A Empresa

A Mameluco Edições e Produções Culturais, aliando rigor na pesquisa às mais modernas ferramentas tecnológicas, concebe e executa projetos editoriais e de informática ligados à história do Brasil. Entre eles estão sites, livros, bancos de dados, exposições etc. Fundada em 1996 pelo escritor e sociólogo Jorge Caldeira, a Mameluco já digitalizou e indexou mais de 2 milhões de documentos. Seu banco de dados próprio contém atualmente mais de 1,5 milhão de documentos históricos brasileiros, incluindo livros, mapas, iconografia e documentos primários. Sua equipe e os colaboradores externos têm vasta experiência tanto na área editorial quanto no tratamento eletrônico de informações arquivísticas.

Jorge Caldeira

Nasceu em São Paulo em 1955. É doutor em ciência política, mestre em sociologia e bacharel em ciências sociais (FFLCH–USP). Sócio-fundador da Mameluco Edições e Produções Culturais, é escritor e possui ampla experiência profissional na área jornalística e editorial. Foi publisher da revista Bravo!, consultor do projeto Brasil 500 Anos, da Rede Globo de Televisão, editor-executivo da revista Exame, editor da Ilustrada e da Revista da Folha, do jornal Folha de S. Paulo, editor de economia da revista Isto É e editor da Revista do Cebrap. É autor de Noel Rosa: de costas para o mar (Brasiliense), Mauá: empresário do Império (Companhia das Letras), Viagem pela história do Brasil (Companhia das Letras), A nação mercantilista (Editora 34), Ronaldo: glória e drama do futebol globalizado (Editora 34), O Banqueiro do Sertão (Mameluco), A construção do samba (Mameluco) e História do Brasil com empreendedores (Mameluco), além de organizador dos volumes Diogo Antônio FeijóJosé Bonifácio de Andrada e Silva, que integram a Coleção Formadores do Brasil (Lance!/Editora 34), e do livro Brasil: a história contada por quem viu (Mameluco). Ocupa a cadeira nº 18 da Academia Paulista de Letras.